Papo Lendário #113 — Retirado das Águas

Papo Lendário #112 — A Canção de Eru
18/11/2014
Papo Lendário #114 — A Jornada de Hórus
16/12/2014

Papo Lendario 113

Neste episódio do Papo Lendário, Leonardo, Nilda Alcarinquë, e Pablo de Assis conversam sobre o personagem bíblico Moisés e o Livro do Êxodo.

Conheça quem foi Moisés e sua importância religiosa.

Veja quais foram as pragas dos Egito, e sua possível existência.

Ouça sobre quais de fato foram os mandamentos que estão na Arca da Aliança.

Musica Final: The Exodus Song (This Land is Mine) — Andy Williams

LINKS

Papo Lendário #71 – Muito Além da Matematica

Papo Lendário #97 – Uma Introdução ao Rastafari

Zeitgeist – Parte sobre religião

Trailer de Exodus: Gods and Kings
————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Alguém me explica pq sonhei com Bel, Deus Babilonico, 2 veses seguidos? kkkkk
    Ele se revelou pra mim no primeiro e no segundo apareceu só observando 🙂

    Deixando o sonho de lado, que apesar de tudo, n é zoeira minha XD Ótimo podcst ^^

    A Nilda é religiosa?

    • Sei la Diego, talvez ele queira te escolher para alguma missão! Já pensou em fazer alguma oferenda para Bel? 😛 rs

  • brueh

    algumas informações talvez relevantes pra acrescentar ao podcast:
    1 – Moises não entrou na terra santa pq bateu na pedra, mas deus havia dito pra ele falar com a pedra (vo falar com pedra porra nenhuma máh, e deu um croque na pedra)
    2 – Após o caso do bezerro de ouro, a galera da tribo do moises matou todos os homens das outras tribos, pro povo aprender a respeitar. Ficaram as mulheres, e os meninos. Essa passagem é bem sinistra rsrs.
    3 – Os meninos foram mortos, não por causa do aumento populacional, mas pra reduzir a força militar da galera. era importante ter mais gente trabalhando (os judeus não eram exatamente escravos, mas sim possuiam dividas de gerações, já que no egito, a sua divida ficava para seus filhos e assim por diante).
    4 – corre a boca pequena, de alguns estudiosos que o genesis teria sido escrito por uma mulher. Tem muita coisa sobre esses estudiosos/linguistas que acreditam nisso, um deles é o Harold Bloom, professor da Yale.

    • brueh

      quando digo “os meninos foram mortos” nesse caso tava falando sobre os bebês no egito ainda, como escrevi conforme fui lembrando, ficou confuso, rs

  • Pablo Neves

    Tema muito interessante. Foram questões como a redação e o gênero textual da Bíblia que me fizeram ver minha outrora fé com mais ceticismo.
    Pablo, “reed” significa junco ou caniço, então a outra interpretação do nome do mar foi o que a Nilda falou. Leonardo, Príncipe do Egito é um clássico da Dreamworks, não da Disney (eu sei, tem muita cara da Disney, assim como Como Treinar seu Dragão parece muito Pixar).

    • Pablo, se não é da Disney, então me explica como parte do desenho é musical? hein? hein? rsrs To brincando rs. O pior que eu comecei e terminei de assistir achando que era Disney!!

      • Vale lembrar também que a Dreamworks fez pouco depois também um filme sobre José.

  • Ricardo

    Excelente cast. Parabéns pelo trabalho e pela melhoria na edição Leonardo. A fluidez da edição, ritmo e a retirada dos vícios de linguagem está cada vez melhor!

    • brueh

      concordo, o cast tá mesmo ótimo!

      • Gabriele Tschá

        Só pra reforçar o elogio, também concordo que o cast está melhorando bastante, cada vez mais profissa. 😉

        • Gente, obrigado do fundo do coração por esses comentarios.

          Admito que tenho muitos vícios de linguagens, e essa sempre foi uma das criticas que mais recebia.

          É algo que desde o inicio tento sempre melhorar, tanto na oratória, quanto na edição, mas por questão do tempo corrido para gravar e editar, acaba não sendo fácil.

          Então saber diretamente dos ouvintes que isso tem melhorado é muito gratificante. Ainda mais nesse episódio especifico que teve uma edição mais complicada que o normal.

          Obrigado mesmo.

          • Amarildo – Spitfire

            Já fui chiita na questão da linguagem…e ainda me saem chagas aos montes ao ouvir pseudo jornalistas que não conseguem dizer três frases sem o AÍ umas 10 vezes.
            Mas tenho ficado mais light nos últimos tempos. No seu caso específico, estranhei e fui logo me sentindo incomodado…mas aos poucos percebi que por trás dos vícios existe alguém que sabe do que está falando e tem perspicácia/inteligência…e desconfio que para complementar com chave de ouro é Palmeirense…claro!

  • Netuh

    Ótimo cast como sempre…

    Mas uma coisa que não tenho certeza se vocês mencionaram é que, pelo menos até onde eu saiba, ainda não foi encontrada nenhuma evidência que prove o Êxodo… em vários aspectos:
    1. Os egípcios mantinham registros históricos, até mesmo das derrotas. (Muitos alegam que os egípicios destruiram qualquer história dos hebreus).
    2. O Êxodo não é citado nem pelos povos inimigos dos egípicios.
    3. Um grupo de milhares ou até milhões de pessoas perambulando pelo deserto por 40 anos, e até hoje não acharam nenhuma comprovação arqueológica da passagem deles por lá.
    4. Até mesmo a tapeçaria e cerâmicas hebreias não são encontradas nos sítios arqueológicos do antigo Egito.

    Acreditar que a falta de evidências é puro ressentimento dos egípcios é um pouco demais pra meu gosto.

    No mais, ótima reflexão sobre os reais mandamentos de Deus. =)

    []s
    Neto

    • Nilda Alcarinquë

      Olá Netuh!

      Falamos brevemente sobre não haver comprovação histórica da existência de Moisés, e de Jesus. Mas este não era o objetivo do podcast, então não nos aprofundamos.

      Há uma teoria de que a saída tenha sido gradual e rumo à Palestina. Este povo que migrou é que seria a origem de Israel e sua identidade foi formada com o tempo.Por isso não haveria diferença entre os israelistas e os outros povos que viviam no Egito. E também explicaria o longo tempo passado no deserto.
      Mas é apenas mais uma teoria, e quanto mais antigo o fato histórico, mais difícil é comprovar ou descartar.

      Abraço

      • Amarildo – Spitfire

        Olá!
        Qualquer produto pode ser vendido, a depender do marketing adequado.
        Veja que a questão judia relacionada ao holocausto está sempre na midia e sempre em discussão (não discuto aqui sua veracidade…e nem duvido e nem discordo que deva ser debatida para que não se repita…mas é claro que há outras situações que também tem mérito para discussão e não aparecem…por quê? porque não tem dinheiro para fazer marketing). O que quero dizer é que se há dinheiro para propagandear, mesmo uma situação inverossímil é largamente difundida.
        No caso do exodo há sempre marketing a respeito…inclusive os filmes…ops..olha mais um filme saindo direto do forno requentado de hollywood que é de um país de predominância financeira judáica.E que certamente pode ter influenciado na realização de um episódio sobre o tema.
        O ovo da avestruz é maior..mas o sucesso está na propaganda da galinha para um ovo beeeem menor.

  • Achei isto e achei bem divertido!
    https://www.youtube.com/watch?v=qzMZulL52Bk

  • O José, filho do Jacó, não é “O” José né??
    “O” José, pai adotivo do cara lá que morreu naquele bagulho de madeira, só vai nascer bem depois disso aí?? Ou antes disso aí?? Tou perdidaço… ^_^

    • Nilda Alcarinquë

      Olá Aoshi
      Vamos ver se consigo esclarecer a dúvida:
      A linhagem dos judeus remonta a Abraão, que foi sucedido por Isaac (este é o que nunca lembro o nome).
      Isaac teve dois filhos: Esaú e Jacó.
      Jacó sucedeu Isaac e teve 12 filhos. Um destes filhos é o José que foi para o Egito.

      O José que se casou com Maria, mãe de Jesus, é outro, de uma época em que os judeus já eram um povo conhecido e com muita história.

      abraço

      • Gabriele Tschá

        O José é aquele que os irmãos colocam dentro de um poço e o entregam para os egípcios porque tinham ciúmes dele, achavam que era o preferido do papai (inclusive se não me engano ele era o caçula, né). É ele que interpreta os sonhos para o faraó, inclusive aquele clássico das vacas gordas e vacas magras que são anos de fartura e anos de fome. 🙂 Estou certa?

        • Nilda

          Olá Gabriele

          Sim, este é o José que falamos.
          Só que ele não era o caçula, e sim o primeiro filho de Jacó com Raquel, sua esposa favorita.

          abraço

  • Augusto Tenório

    =]

  • Red

    Olá pessoal do mitografias, sobre o filme O Principe do egito, ele não foi feito pela Disney, mas sim pela DreamWorks a mesma criadora de Shrek.
    Eu sempre acompanho o trabalho de vocês apenar de nunca comentar, continuem com o otimo trabalho =D

  • Fala galera papolendariana!
    Ouço o podcast de vocês a algum tempo, e acho os programas muito interessantes(e também informativos e divertidos).

    Sobre a presença do povo hebreu no Egito, lembrei das minhas aulas de história que eles eram povos invasores do Egito. Juntamente com os hicsos, eles empreenderam invasões ao Egito no período de 1800 a.c(ou 1900, ou um valor próximo desses), conseguindo dominar a região, ou parte dela. Poucos séculos depois os hicsos foram expulsos, e o povo hebreu foi dominado e escravizado.

    No mais é isso! Tchau!

  • Ricardo de A. Santos

    Defedendo a Biblia, tá não muito, os judeus é um povo formado por várias tribos nomades na época da Babilonia. Não me surpreenderia se Moises fosse um dos Ixions mencionado no podcast, e que teve sua história integrada na tradição dos judeus, numa possível união com os Ixions.

  • Olá pessoal,
    Passei para dizer o quanto aprendo com vcs, já ouvi de 70 a 80% de todos os seus podcasts. Apesar de não comentar, sou ouvinte assíduo e indico tb. Sou cristão e acredito que mesmo com muitas discordâncias, podemos aprender muito com as religiões, ateísmos ou quaisquer filosofias. Seu trabalho é muito relevante para todos. Meus parabéns!

  • Gabriele Tschá

    Olá, mitógrafos. Parabéns pelo trabalho, cada vez melhor. Adorei este episódio, em especial a parte que o Pablo fala sobre as histórias simbolizarem a passagens das eras. O que me chamou a atenção e que não o ouvi mencionar é a questão do signo de áries ser simbolizado por um carneiro. Assim, quando acaba a era de Touro, e inicia a era de Áries, é o sangue do cordeiro que os salva e os liberta do Egito e a partir de então tornou-se costume celebrar a Páscoa Judia com carne de cordeiro. Já na passagem da era de Áries para a era de Peixes, Jesus é chamado de cordeiro imolado. Desta vez o cordeiro morre e hoje em dia os cristão têm o costume de comer peixe na sexta-feira santa. Só queria complementar com este pensamento, pois achei esta visão muito interessante. E fico me perguntando qual será a grande virada histórico-simbólico-religiosa que nossos descendentes irão contar sobre esta passagem para a era de Aquário que estamos vivendo agora? :*

    • Oi, Gabriele! Obrigado pelo complemento!
      E essa história o povo da Nova Era está tentando encontrar há séculos, mas até agora ser resultados… Pra mim, seria uma mudança tão radical a passagem de Peixes pra Aquário que perderíamos o rumo com relação a esse caminho. Peixes, regido por Netuno, signo dos sonhos e possibilidades, em uma era de viu desde o lado negro do obscurantismo até o grande avanço da ciência, dá espaço para Aquário, regido por Urano, regente da liberdade e originalidade, prometendo, quem sabe, uma força maior da racionalidade – que pode, da mesma forma que Peixes, dar muito errado se cair nas mãos erradas… Mas dificilmente estaremos vivos para ver isso acontecer…
      😉

  • Sherlock

    Uau! Minha cabeça explodiu! hehehe Parabéns! Excelente trabalho!

  • Jake

    Seria interessante e muito importante para mim vcs disponibilizarem uma versao zipada do podcast.

    • Jake, é algo a se pensar. Vamos ver como faremos isso. Se mais ouvintes também querem uma versão zipada, é só se pronunciarem aqui.

  • Thiago BF

    Bom vamos lá, comnentei conforme fui ouvindo:
    1 – O fato de mandarem matar os bebes homens era pra diminuir o poderio militar pois só os homens lutavam em guerras, como esta em exodo cap 1 , ver 8,9 e 10;

    2- Na época em q JEsus nasceu, os meninos eram mortos pos o os reis magos contaram a Herodes ques nascera u rei e ele temendo perder o poder mandou matar todos os de 2 anos pra baixo;

    3- Arão era mais velho q moiseis, ou seja nas ceu antes do decreto exodos cap 6, vers 20

    4- Moiseis n foi de boa atender, ele ponderou tanto pra n ir q Deus se irrita com ele

    5 – Antes de ir far com faraó, seguindo as ordens de Deus, ele vai primeiro falar com os hebreus, e pra convence-los ele recebe três sinais: o cajado q vira serpente e depois volta a ser cajado, a mão q coloca dentro da roupa , no peito, e fica leprosa e colocando novamente volta ao normal e as águas do rio q atiradas ao solo viram sangue

    6- depois de convencer o povo eles vão falar com faraó, n pra pedir pro povo ir embora, e sim para q fosse a caminho d tres dias no deserto sacrificar a Deus. Faraó se nega dizendo q eles n teriam folga, continuariam trabalhando, e ja q estavam ociosos pensando em pedir folga aumentou a carga de trabalho: antes os egípicios davam a palha para os hebreus fazerem os tijolos, agora teriam eles q colher a própria palha e continuariam a fabricar a mesma quantidade de tijolos. E é com esse evento q Deus começa os planos pra tirar o povo do Egito

    7- NA segunda vez q vão falar com faraó é q eles fazem a vara virar serpente, e pra desmentir ou desacreditar q era Deus q fazia faraó chama seus magos para tentar fazer o mesmo, mas a de moises come as duas dos magos e mesmo assim faraó se recusa deixa-los ir

    8- Depois da 3 tentativa de pedir para Faraó deixar o povo ir sacrificar (e n ir embora como foi dito) começam as pragas, uma a cada tentativa, a 1ª foi transformar as aguas do do Egito em sangue, nessa Faraó tambem chama os magos pra tentarem fazer igual e eles conseguem. 2ª Arão faz subir rãs do rio que enchem tuoda a terra do Egito, casas e camas inclusive, e os nmagos fazem tambem (os caras eram bons). 3ª a partir dessa os magos ja n conseguem mais, Arão transforma o pó da terra em piolhos q infestam os homens e gado, 4ª Moscas enchem somente as terras dos egipicios e os hebres não sao atingidos, 5ª uma praga no gado dos egipios q morreu todo, 6ª Moises lança cinzas no ar q fazer sarnas q viram ulceras nos egipicios e no gado, 7ª agora começa ficar mais agressiva a coisa toda, Sraiva e fogo caem do céus, ferindo homens , animais e queimando plantas, 8ª gafanhotos , tantos q escureceram a terra e comeram todas as plantas, 9ª trevas tão densas q ninguem via nada, por tres dias e a 10ª e ultima a morte de todo primogenito, tanto de homens quanto de animais , e dessa q vem a pascoa e emfim a saida do egito.

    9- depois q seu filho morre , farao deixa os hebreus irem, e Deus os ia guiando de dia como uma coluna de fumaça e a noite como uma coluna de fogo , de modo q caminhavam de diua e a noite, porem Faraó se arrepende e manda seu exercito atras deles, dai vem a apssagem pello mar

    10- antes de chegarem ao monte Sinai, dos 10 mandamentos, acontecem uma serie de eventos: o povo reclamava de mais nunca estabvam satisfeitos , e cada reclamaçao Moiseis falava com Deus e Ele resolvia, a primeira foi quando chegaram a um lugar de aguas amargas batizado de Mara e Moiseis tranasformaou as aguas em agua potavel depois reclamaram q estavam com fome, dai Deus manda o Maná ( orvalho q se transformava em uma especie de pão com gosto de mele q n podia ser guardado, tinham q colher todo dia) depois reclamaram q não tinha carne, Deus manda codornas, depois de sede dai Deus manda Moiseis bater na rocha e dela jorra agua ( atentem para esse episódio).

    11- Deus da os 10 mandamentos e todas as outras leis pra Moiseis no monte, e é Deus q manda ele descer pq o povo se corrompeu, Deus quer matar todo o povo porem Moises intercede e salva, Moiseis quebra as tabuas dos mandamentos ao descer e ver oq o povo fez e manda matar os idolatras depois sobe novamente ao monte pra receber outras tabuas e mais instruções,

    12- Ao contrario do que é dito o pvo n obedece, por diversas vezes eles fazem besteira e esquecem de tudo o foi feito ate então

    13 NÃO, eles n ficaram perdidos, Deus continuava indo a frente nas colunas de fumaça e fogo, e guiava ele pelo deserto, pq? Primeiro para q a geração q saiu do egito acabasse e nascesse uma outra menos corrupta, como já mencionei o povo era extremamente rebelde com Deus, e para q esse povo q era quase escravo se tornasse um povo guerreiro, pois ele teriam q conquistar a terra prometida e através de batalhas e n simplesmente ocupar, aviam povos morando la, povos esses q eram calejados na arte de guerrear, e durante esses 40 anos os hebreus tiveram inúmeros conflitos com diversos povos.

    14- Como já disse, ninguém da geração q saiu do egito pode entrar por causa da desobediência a Deus, nem Arão nem Moiseis,. Mopiseis n duvidou de Deus , ele n entrou pq no epsódio da agua da rocha ele não deu graças a Deus pelo q fez, de tão irado q estava com o povo, porem a ele foi concedido ver toda a terra antes de morres. Então Josué assume a liderança no lugar e entra na terra prometida. Êxodo vai até a construção do templo, Moises morre no final d Deuteronômios, q é o ultimo livro

    15 – Eles ficaram 400 anos no Egito. O Pai de Jacó era Isaque filho de Abraão, Isaque já estava cego e pediu pra Esau fazer um cozido, Esau sai pra caçar, porem a mae dele pega dois cabritos faz o cozido e veste Jacó com as vestes de Esau e cobre as mãos e o pescoço com com as peles dos cabritos

    16- Quem tira as posses dos hebreus foi o mesmo q mandou matar os meninos, lembrando q as pragas não foram sequenciadas, uma imediatamente a outra, algo do tipo uma hj, outra amanhã etc, levaram algum tempo pra isso acontecer, a questão do anjo é a obediência ao q foi mandado

    17- Na arca vai o cajado de Arão q floresceu , o maná além das tabuas.

    18- O caso do Nome de Deus ser Zeloso, e algo como uma característica, n q fosse o nome mesmo, como Ronaldo Fenomeno, Alexandre o Grande, Ronaldinho Gaucho, etc

    19- Esse pacto descrito no cap 34 é um complemento a do cap 20, nas tabuas n eram só os 10 manda mentos escritos e sim TUDO oq Deus flou com moiseis, as leis etc. capt 34 ver 1 “e eu escreverei as mesmas palavras q estavam nas primeiras” Deus escreve tudo d novo e manda moiseis escrever as palavras do NOVO pacto.

  • Thiago BF

    Só fazendo uma pequena critica aqui, eu ouço vcs desde quando fizeram uma participação no nerdcast, já ouvi todos os episódios desde o primeiro incluindo as leituras de pergaminho, gosto muito do podcas., N me importo com o fato de serem ateus mas uma coisa q me incomoda e q percebi é que quando vcs vão falar de um mito, como os deuses gregos ou maias etc, vcs demonstram q pesquisaram, e foram atrás do assunto, e tentam explicar o pq daquele mito narrar a situação daquele jeito.
    Porem sempre q vcs vão falar sobre algo da bíblia vcs se focam mais em tentar desacreditar ou provar q ta errado do que propriamente explicar e tentar entender o contexto, o pq de ser daquele jeito. Dai acabam passando informações erradas. Como por exemplo falar q os hebres se perderam no deserto por 40 anos, falar q os mandamentos q estão nas tabuas são só os do cap 34, falar q Esau por ser peludo ao ponto de ser confundido com um pelo de cabra é prova definitiva d q é descendente de macacos, ele n poderia ter nascido com uma deformidade genética? Então aquela garota dos anos 70, Ella Harper, com os joelhos ao contrário é uma prova definitiva q os humanos descendem de cavalos?
    Oq quero dizer é q a proposta do site é falar sobre as diversas religiões e mitos de maneira imparcial, porem vcs acabam se tornando muito parciais quando se trata da bíblia, no sentido de provar q tudo q ta escrito lá estar errado ou é impossível de ser do jeito q esta narrado. E NADA é impossível, pode ser improvável, incalculável. Inimaginável, mas n impossível.

  • Leandro

    Série mesmo que a passagem ‘cabrito no leite da sua mãe’, vcs pensaram em carne com queijo? Hahahaha … LOL!

    • Leandro

      Sério mesmo*

  • B Cortz

    Muito bom papo lendário ta de parabéns!! podcast excelente!

  • Joselio Bezerra

    Gente, pelo amor de Deus, façam uma pesquisa mais apurada, fiquei chocado com a quantidade de erros e equívocos, Vocês são uma equipe séria, por favor não façam mais isso. Sou fã de vocês e em certos pontos doeu ouvir esse cast. Espero que não fiquem com raiva desse desabafo. Um abraço.

    • Olá Joselio, quais foram os erros?

  • O pai de Esaú e Jacó é Isaque =).