Papo Lendário #109 — A Lenda de Avatar

Mitóglifos 005 — Hércules
02/10/2014
Escritos Lendários: Teatro Grego
13/10/2014

Papo Lendario 109

Neste episódio do Papo Lendário, Leonardo, Pablo de Assis com sua digníssima esposa Ana Carolina de Assis (Ana Café), e o convidado Fabio FatFrog, conversam sobre as séries de Avatar.

ATENÇÃO: Esse episódio contém SPOILERS da Lenda de Aang e a Lenda de Korra.

Conheça a história das lendas da Aang e Korra.

Ouça sobre os espíritos/divindades/conceitos/pipas/planárias do bem e do mal.

Aprenda sobre a origem do mundo de Avatar.

Veja a relação de cada dobra com suas respectivas lutas.

Musica Final: Rap do Livro Um da Lenda de Aang.

LINKS:

Ana Café

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Alex

    Então eu achei maneiro o episódio . só um adendo . A Korra é uma boa personagem .tipo o Aang teve de aprender a ser mais decidido pois ele ja era espiritualizado . a Korra tem de aprender a ser mais espiritual por isso essa arrongâcia e teimosia . por isso eu achei a personagem dela tão legal ^^

  • Falae galera!!
    Muito bom o episódio… Comecei a assistir a Lenda de Korra e achei a série bem legal, pra falar a verdade. Concordo com o Alex quando ele diz que a protagonista é uma boa personagem e sua arrogância é um ponto chave de seu desenvolvimento durante os episódios.

    Sobre a origem dos poderes de dobra, a qual não tinha o menor conhecimento até ouvir o programa, tenho um comentário:
    A última expansão de World of Warcraft introduziu alguns elementos que tem alguma relação com os citados por vocês durante o cast. O continente de Pandária, onde vivem os pandarens, é um ambiente bastante ligado à natureza e possui 4 criaturas lendárias que representam 4 virtudes, controlam os 4 elementos e possuem 4 contrapartes “malignas”.

    Yu’lon: O Dragão de Jade que controla a água, representa a sabedoria de Pandária e é contraposto pelo “Sha da Dúvida”.
    Xuen: o Tigre Branco que detém o trovão (elemento céu, talvez??), representa a força dos seres de Pandária e é rivalizado pelo “Sha do Ódio”.
    Chi-ji: A Garça Vermelha que controla o fogo, representa a esperança e é rival do “Sha do Desespero”.
    Niuzao: O Boi Negro, controla a terra e representa a persistência, tendo como Yang o “Sha do Medo”.

    Esses 4 celestiais são os deuses desse novo continente e a base de toda a religião de pandária. Além disso, os jogadores que escolhem jogar com a raça Pandaren começam o jogo em uma ilha chamada Shin Zu Su que é na verdade, vejam só, uma tartaruga gigante que vaga pelos mares de Azeroth e protege os habitantes da “ilha” de qualquer pessoa que tente chegar perto dela.

    Enfim… Todos esses conceitos (dos 4 celestiais e da tartaruga gigante) acho que fazem parte da mitologia Oriental (japonesa ou chinesa) e é apropriada recorrentemente em diversas mídias… O comentário foi só para citar que tem um pouquinho de Avatar em WOW tbm… 😉

    Parabéns pelo trabalho… Nunca comento pq nunca tenho nada a acrescentar, mas sempre escuto e sou um grande fã o trabalho de vocês… CONTINUEM!!!

    Abraços.
    Nicholas;

  • Red

    Muito bom o episodio, concordei com muita coisa do cast exceto a parte que falam que de korra,pois a personalidade dela é essencial para o desenrolar do enredo e acho a historia dela bem mais interresante já que ela tbm tem que lidar com questões politicas.

    Adoro o cast de vocês, continuem o otimo trabalho =D

    • Alex

      Verdade esqueci do fato que ela lida com politicagens !! . bem lembrado

  • Avatar é uma série bacaninha, assisti todas as temporadas de Aang e acompanho Korra, n acho nada demais. O filme eu n vi justamente por preguiça e falta de vontade, pq me parece muito ruim.
    Mas o fato de explorar os elementos, avatar e espiritos é fascinante. Muito bom isso.

    Seria legal se tivese mitografia de CDZ….. pera já teve hahahahaahahaha

    Abraços.

  • Pablo Neves

    Que surpresa agradável, jamais esperava que vocês falassem dessa obra tão suprema! Assisti o filme primeiro e fiquei impressionado, mas aí fui procurar a série e vi o quanto a película deixou a desejar. A Lenda de Aang é épica em todos o sentidos. E vendo o episódio duplo sobre o avatar Wan me fez sentir de volta às aventuras da primeira história (sou só eu ou alguém mais notou uma certa semelhança de alguns espíritos em Beginnings com criaturas de filmes do estúdio Ghibli?). Obrigado por esse podcast!

  • Augusto Tenório

    hmmmm, esse promete. Serealmente explicar a criação do mundo avatar, será ótimo

  • Gabriele Tschá

    Muito bom este episódio. Eu já gostava da série, mas infelizmente nunca consegui assistir ela completa, pois na época em que passava na TV eu trabalhava e fazia faculdade. Então acabei me afastando. Assisti o filme e também achei ruim, mas nem sabia que já existia uma série com o avatar que vem depois do Aang. Ouvindo o episódio, aprendi várias coisas que eu não sabia e me empolguei para voltar a assistir a série. Ah, também já pratiquei Tai Chi e hoje pratico Kung Fu no estilo Shao Lin do Sul. Adoro a cultura chinesa. Quem sabe, se eu me empolgar mais ainda, vou aprender as outras artes marciais e virar um avatar também? 🙂

  • Nilda

    Olá!

    Muito bom o episódio. E muito bom ver a Ana participando.

    Só vi A Lenda de Aang (série e filme) e os 2 primeiros episódios de A Lenda de Korra, e este episódio ajudou a esclarecer muita coisa sobre o mundo em que a história acontece e que não são abordados na série animada.
    Por exemplo as Tartarugas Leão: uma delas aparece em A Lenda de Aang, e claramente parece ser um animal de grande poder, além de grande tamanho, mas não é dito nada sobre ela e sua importância para os humanos.

    Agora preciso correr para ver Korra.
    XD

    Ah, e é impressão minha ou é a primeira vez que rap finaliza o programa?

    abraço

  • Augusto Tenório

    Terminei de ouvir e fui correndo assistir à 4ª temporada de TLOK

  • Felipe Moreira

    Uma das coisas curiosas que notei quando comecei a assistir o desenho é que o mundo onde ele se passa é um dos poucos (o primeiro que vi) a possuir polos bem determinados.
    No episódio sobre o primeiro avatar ainda é mostrado que se trata de um planeta em um sistema solar próprio. Além disso, os próprios solstícios, eclipses e alinhamentos afetam partes da história. A primeira vista pode parecer um universo infantil,mas dá pra se aprofundar bastante nos conceitos. Ótimo cast.

  • gandralf

    Caramba! Vocês realmente não gostaram de Korra?!?! Assisti a primeira temporada e quase chorei no final!!!

    Já Aang foi sensacional do meio para o final da primeira temporada, no início e no final da segunda e bem no finalzinho da terceira.

    A primeira foi duro de engrenar, mas depois que começou foi difícil parar. E que final!! O cast foi fundamental para que eu entendesse e o apreciasse melhor. A segunda foi a minha preferida, mais consistente e com um final surpreendente e muito bem amarrado. Já a terceira foi complicada; por exemplo, a invasão no eclipse deveria ter sido um dos pontos altos, mas foi preguiçosa e decepcionante.

    Em Korra, a animação ficou sensacional com o cyber punk anos 20 e cheirinho de Metropolis. Até a parte “anteriormente em ‘Legend of Korra'” ficou bacana! O roteiro é bem amarrado, mais maduro, complexo e praticamente sem “fillers”.

    Poucas coisas incomodaram e, mesmo assim, só um pouco. Como o 3D tabajara (que talvez tenha sido usado para reduzir custos), o bear dog ex machina e as crianças ninjas (que apesar de forçado ficou bem engraçado) e as súbitas mudanças de humor dos irmãos. Talvez a maior regra que quebraram foi que o dominadores são muito menos poderosos em Korra quem em Aang. Mas como é uma proposta nova, eu aceitei de boa.

    E eu gostei da personagem também. Não achei uma babaca arrogante como esperava. Quanto a não aprender com os erros, observe que aí tem uma diferença gigante entre as duas séries. Em Aang muitos episódios tinham moral da história, quase educativo. Já em Korra, isso dificilmente ocorria, exceto pela mensagem de que discursos fáceis podem esconder intenções e gerar efeitos contrários aos mesmos.

    Bom, vou ver as próximas temporadas… Talvez o que pegou tenha sido a questão de público / expectativa. Apesar de estarem no mesmo universo, entendi que Korra tem uma pegada e uma proposta bem diferentes. E expectativa é um problemão, que o diga Blade Runner.

    No mais, muito obrigado pelas horas e horas de informação, entretenimento e por estimular a reflexão. O cast de vocês foi bem importante na visão que tenho hoje de religião, espiritualidade, misticismo & cia.

    • gandralf

      Korra S02 é ok, mas está longe da primeira e a S03 é, até onde vi, ruim de doer. A impressão que tive foi que série basicamente sofreu o destino de várias séries: desgaste criativo mais redução de custos e entrada de um time de segunda divisão mais para o final da série.

      A primeira temporada foi praticamente toda escrita e dirigida por duas duplas: os diretores Joaquim Dos Santos e Ki Hyun Ryu e os roteiristas Michael Dante DiMartino e Bryan Konietzko (ambos também creditados como criadores da série).

      A segunda teve só alguns episódios assinados pelo DiMartino (que coincidiram com alguns dos que eu mais gostei, como os primeiros episódios e o “Beginnings 1”). Os nomes dos outros roteiristas/diretores me pareceram familiares, mas não cheguei a ver quem são. De qualquer forma, percebi uma queda significativa na qualidade da animação, possivelmente por cortes de despesas.

      Já a terceira … bom, melhor não falar.

      There is no business like show business.

      • Hgo

        eu achei a S01 mais ou menos, e a S02 e S03 perfeitas, acho que a partir da S02 a série ficou extremamente melhor e mais madura. eu eu aproveita certas mudanças e adaptações pra nova epoca do novo avatar…

      • gandralf

        Korrasami!!!! <3 <3 <3

  • Thiago BF

    Uma observação a nação do fogo dizima os nômades do ar pra interromper o ciclo do avatar, a intenção deles era matar todos antes do avatar renascer, n sabiam q ja havia renascido.
    Topeira-texugo são os dobradores de terra originais, e uma curiosidade a maioria dos animais sã uma mistura de 2 bichos.
    Faltou falar que cada dobra tem uma dobra espceial: o fogo dobra o raio, pedra dobra metal, água dobra o sangue e o vento “dobra” espirito.

  • Matheus Henrique

    Essa mulher que falou que disse que só viu a primeira season de korra, por favor, assista as outras…vc vai ver.

  • Matheus Henrique

    Ela fala que a korra é fraca de carater, n primeira season eu até concordo, mas ela evolui! vai ver a outra season e para de falar asneira.

  • Matheus Henrique

    que agonia ouvir essa mulher falando bosta, pqp. só ela falou bosta, o resto eu concordei com todos.

    • E falta de respeito para com os convidados e participantes é pior que qualquer opinião contrária que a sua. Tome cuidado com o que fala sobre os outros, ok?