Papo Lendário #197 – Violência nas Mitologias

Papo Lendário #196 – Violência na Mitologia Grega
03/09/2019
Papo Lendário #198 – Mulheres da Terra Média
01/10/2019

Nesse episódio do Papo Lendário, Leonardo, Nilda e Juliano Yamada conversam sobre a violência em algumas mitologias.

Conheça a divindade hindu que adora cortar cabeças.

Entenda porque existem inúmeros deuses da guerra na mitologia nórdica.

Veja alguns episódios violentos na mitologia abraâmica.

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Nilda Alcarinquë

    Só pra completar a fala sobre Sodoma e Gomorra, este episódio especial do Teologia de Boteco fala sobre os motivos de destruição da cidade não estar ligada às práticas sexuais dos moradores da cidade
    https://teologiadeboteco.com.br/2019/09/07/002-esse-dia-foi-loko-sodomamente-sodoma-e-gomora-e-a-questao-lgbt-na-historia-biblica/

    Abraços

  • Alexandre Rodrigued Assumcao

    A violência, na visão atual, seria um ato contra a vontade de quem a está recebendo, em qualquer nível, físico, psicológico, social, político…
    No passado, acompanhando as mitologias apresentadas, elas fazem parte da narrativa, como dar ênfase ou maior dramaticidade à história. Do ponto de vista puramente histórico, ela se justifica (se for para guerra, escravidão, dominação política, opressão a minorias e até econômica, como trabalho insalubre, infantil, entre outros) como um mal necessário.
    Enfim, a violência parece ser justificada sempre por algum motivo que valide o ato do interessado. Incorporar a violência na narrativa mitológica reflete a atitude de quem a está sofrendo como daquele que a está praticando. Exemplo: o Deus rigoroso e vingativo do velho testamento meio que reflete a trajetória dos hebreus, em estado de guerra ou de dominação por outros povos.