Papo Lendário #121 — Jung e Seus Arquétipos

Sobre o Céu — Entre o Mito e a Ciência: Netuno
16/05/2015
Sobre o Céu — Entre o Mito e a Ciência: Plutão
30/05/2015

Papo Lendario 121

Neste episódio do Papo Lendário, Leonardo, Nilda Alcarinquë, Pablo de Assis e o convidado Ivan Mizanzuk conversam sobre arquétipos e inconsciente coletivo.

Conheça mais sobre as obras de Jung.

Entenda a evolução do conceito de arquétipo, e como Jung o tratava.

Veja o que é um símbolo.

Saiba o que é concretável e não concretável.

Musica Final: Synchronicity I — The Police

LINKS

Anticast

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Augusto

    Esse vai ser massa!

  • Rodrigo Teixeira

    Cheguei pelo Ivan, fiquei pela trilha do ChronoTrigger.
    abraço

  • Lucas Ferraz

    Pessoal, grande programa! Bem legal!

    Vou colocar aqui algo MUITO NERD que me ocorreu para exemplificar a probabilidade de padrão de arquétipo:

    Em um programa feito em linguagem orientada a objeto em execução, em runtime, uma classe não existe, a não ser como um objeto instanciado.

    Considerando que nós, no mundo, estamos em “runtime”, só podemos ver as manifestações, mas jamais a classe que define o arquétipo.

    Zerei a vida em nível de nerdisse com esse comentário.

    Lucas Feraz

    • Boa Lucas!!

      Acho que por isso gosto tanto de linguagens orientadas a objetos!

      • Nilda Alcarinquë

        (ranzinza modo on)

        Favor usarem língua de gente nos comentários
        grata
        (ranzinza modo off)

        Não entendi nada, mas se faz sentido pra programadores, que seja.

        abraços

  • gandralf

    Sombra? Jung? Fica a dica: The Babadook: http://www.rottentomatoes.com/m/the_babadook/
    98% no RT. Animal.
    E quem sabe pode até render alguma coisa em um cast futuro…

  • Olá pessoal,
    Grande podcast. Quase todos os psicanalistas, desconexamente, falam mal da psicologia analítica e da pessoa de dr. Jung, mas poucos procuram ao menos conhecer e compreender antes de sair xingando.
    Obrigado pela aula.
    Vou linkar essa postagem lá no Freudcast da próxima segunda feira (25/05) sobre o texto “Análise de um Sonho Modelo” (Freud, OC Vol IV, 1900) porque teve um pequeno quebra-pau sobre isso.
    abraço pra todos vocês,
    Diogo

    • Olá, Diogo!
      Assim que lançar o episódio, vou querer ouvir… E aguarde que na semana que vem, lançaremos outro episódio continuando este, que talvez possa complementar a discussão…
      Abraços!

  • Achei incrível! 😀

    Espero que falem mais de Carl Gustav Jung nos podcasts subsequentes.

    Uma dos detalhes que mais gostei foi da perceptível sinceridade de vocês ao abordar o tema, sem querer colocar fórmulas prontas.

    Escuto o Papo Lendário há muitos anos e esse foi um dos casts que mais gostei. Meus mais sinceros parabéns!

    • Oi Isabela, o próximo episódio será uma continuação direta desse, ou seja, mais de Jung.

      Espero que goste. 🙂

  • Ricardo de A. Santos

    Excelente podcast !

  • Renato

    Absolutamente impressionante! Gostei muito do podcast, vai ser uma grande ajuda pra estruturar alguns tópicos da minha monografia (vou falar sobre Arquétipos e Inconsciente Coletivo).

  • Barata

    Opá! Mto bom!!! Só pra ver se eu meio que entendi, qdo vcs falam desse lance de rede seria como em uma língua as palavras são delimitadas pela sua relação com as outras palavras e por isso uma tradução sempre é problemática por que se usa palavras com outras relações??? To me sentindo como o povo na aula do Jung agora… rs….
    P.S Sempre falei a palavra arquético errado, vou prestar mais atenção agora…

    • Também, essa é uma forma de compreender a questão… 😀

  • Caras, excelente programa.

    Perfeito poder conhecer mais sobre Jung eqto se ouve um bom podcast com excelentes participações.
    Para mim, este é o tipo perfeito de programa.

    Parabéns!

    aLx