Papo Lendário #55 — Os Deuses do Século XXI

Trailer Papo Lendário #55
01/11/2011
Leitura de Pergaminhos #13
15/11/2011

Nesse episódio do Papo Lendario, Leonardo, Juliano Yamada (Multiverso DC), Felipe Nunes (Cidade Gamer), e Pablo de Assis (nerdexpress, metacast) conversam sobre o conceito de deuses no mundo atual.

Se o mundo mudou como estão os deuses?

Ainda existe a crença no politeismo?

Quais as nossas atuais crenças?

Se os deuses ainda existissem quais seriam seus atuais dominios?

Discutiremos sobre essas e outras questões nesse episodio.

Ouça sobre a obra de Neil Gaiman, Deuses Americanos. E não deixe de participar da promoção para concorrer a um exemplar do livro.

Musica Final: Television — Bad Religion

Links

Podcast citado: Fronteiras da Ciencia

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Joao do Polo Norte

    Ótimo cast , a referência ao episódio de South Park foi excelente.

    O amigo Host dá muita opiniao contra Religiões , se ele fosse mais imparcial e opinasse menos daria um ritmo melhor ao cast.

    E sim o Pablo se acha melhor que os outros , afinal de contas ele é consultor em tecnologia educacional seja lá o que isso queira dizer … Sacanagem!!

    Abraços!

  • Jos-El

    Muito bom o cast. Entendo o contexto no qual vocês falaram, mas me sinto muito desconfortável em colocar a ciência no mesmo campo da religião, começando pelo simples fato de que a ciência é aberta a críticas e mudanças de visão, não existem dogmas científicos. Bom, eu não vejo relação, mas sei que existem pessoas que tem esse relacionamento “religioso” com as descobertas científicas. Afinal, já dizia o ditado, toda tecnologia avançada irá parecer magia para quem não a entende. E o problema é justamente que as pessoas esperam respostas da ciência, e nem sempre aparecerão respostas. E a visão científica muda tanto quanto mudam nossos métodos de observar o mundo ao nosso redor, isso gera frustração em alguns. Isso vem justamente do fato de cientistas serem péssimos em montar suas narrativas, ou talvez as pessoas sejam péssimas em entender o que eles querem dizer.

    Interessante que, da minha experiência, físicos estão entre os cientistas mais propensos a terem crenças religiosas. Também são os que buscam mais intensamente abolir a religião, já que segundo alguns a teoria que unificar os campos da física basicamente seria a representação matemática de “deus”.

    PS: A evolução é fato científico, a “briga” entre criacionistas e evolucionistas é que os primeiros não aceitam a evolução como fato. Em ciência a discussão é sobre como a evolução acontece. O que é mais aceito é que ela acontece através das chamadas forças evolutivas (deriva, fluxo gênico e seleção natural). Dessas, a única que ainda não pôde ser observada é a seleção natural.

    PS2: Já tenho o livro. Mas vou participar da promoção mesmo assim, já até sei pra quem vou dar caso ganhe.

  • Junior

    OLA amigos sempre fui fascinado por este mundo mas so agora lendo A guerra do apocalipse do eduardo spohr eu senti vontade de me aprofundar mais nessa area, alguem poderia me dizer quais livros mais recomendados para estudar esse assunto?

    • Claudia Roberto

      O nome do livro que eu recomendo é O GRANDE CONFLITO, de Ellen Golden White.
      O melhor de todos os tempos do planeta terra.

  • Nilda

    Ainda não terminei de escutar e o Felipe Nunes acabou de subir, e muito, no meu conceito, por ser fã de Sir Terry Pratchett.
    Pratchett é deus, e Rincewind o seu profeta!

  • muito bom o papo, é uma ideia muito boa mesmo. Parabéns mesmo

  • gandralf

    Taí, gostei do podcast e do site.

    ——-

    Jos-El, a parte da ciência também me incomodou um pouco. Lembrei imediatamente do Dr. House: http://www.youtube.com/watch?v=yX4zBZ-DlSM Atenção à última frase do mal humorado. #pwnd

    Mas dou um desconto, pois a ciência pode ser fonte de revelação, autoridade e fé. Por exemplo, tem muita gente que defende a teoria da seleção natural com unhas e dentes… sem entender bulhufas do assunto. Para eles, isso virou um ato de fé. E talvez um meio de se sentirem melhor que os outros.

    Já o discurso meio que em cima do muro, que igualava a evolução com o criacionismo, hmmm… doeu.

    Agora um comentário seu, Jos-El: “Dessas, a única que ainda não pôde ser observada é a seleção natural” não tá legal, não. Já foi observada, aplicada e até prevista. Aliás, ela surgiu de observações, não de piração (como é o caso da teoria da relatividade).

    Uma fonte meio POP, mas muito bacana e divertida sobre isso é o nerdcast “Evolução artificial da Seleção Natural”: http://jovemnerd.ig.com.br/nerdcast/nerdcast-249-evolucao-artificial-da-selecao-natural/ Aliás, cheguei aqui por uma twitada do @eduardospohr, que volta e meia está lá.

    —–

    Agora, fala sério… e as novas deusas? Marilyn Monroe, Elizabeth Taylor, Vera Fischer, Luize Altenhofen, a vizinha do 303… =P

  • Bernardo Schuchter

    Sou muito fã de Gaiman e ouvinte assíduo do Mitografias. Já esperava um podcast que tratasse essa obra, só não sabia quando. Bora baixar pra conferir!

  • Mateus

    uruuu terminei de ouvir mitografias viva ^^ ou nao agora tenho que espera 15 dias para o proximo e ainda sem a certeza se estarão vivos, ou boy por que eu fui ouvir o podcast. O.o

  • Jos-El

    Agora estou me lembrando do arco Estação das Brumas de Sandman. Lá acho que tem um pequeno preview do conceito de Deuses Americanos quando os deuses japoneses incluiram icones pop ao seu panteão. Também em Os Invisíveis (de Grant Morrison) um dos personagens entra em uma viagem de ácido para ter contato com John Lennon, que teria se tornado um deus lisérgico.

    @gandralf

    Até onde sei não existem evidências experimentais da seleção natural em virtude da escala de tempo necessária para tal, você deduz a existência da seleção a partir da observação do meio. Os efeitos do fluxo gênico (migração) e da deriva tem evidências factuais e experimentais (em drosófilas e outros modelos de estudo).

    Pra não dizer que não há nada você pode ver evidências da seleção natural em vírus (um efeito particularmente observável na relação do HIV com a terapia antirretroviral) e replicar esse efeito experimentalmente, porém são estruturas muito diferentes, e não dá pra extrapolar.

    • Ricardo

      uma observação da seleção natural: o surgimento e a proliferação de bactérias resistentes aos antibióticos, a criação de raças de animais domésticos, a seleção de plantas para a agricultura(essas duas ultimas são a seleção natural proposital ou seleção artificial, que é um pouco mais rápida do que simplesmente natural por ser um processo seletivo direto, isso é, o biólogo/veterinário/agrônomo vê as características desejadas e cruza os indivíduos que a possuem)

  • Gostei bastante do episódio, pra mim um dos melhores, só perde pro feminino sombrio, que até agora foi o melhor episódio que já ouvi em qualquer podcast feito. Continuem assim.

  • César

    Galera, vocês conhecem o conceito de egrégora ?

    Tem tudo a ver com o que foi falado aqui. Resumidamente, egrégoras são aglomerados de pensamentos, sentimentos, conceitos, e tudo relacionado a esse pensamento principal.

    Egrégoras podem ser comparadas com seres vivos: Nascem, crescem, se reproduzem e (as vezes) morrem. Não é verdade que algumas ideias tem esse comportamento ?

    Pois bem. Há quem diga que os deuses antigos são na verdade símbolos que representam as egrégoras (conjunto de pensamentos). E que quando alguém “adora” esse símbolo, está entrando em contato com a “energia” da egrégora.

    É meio complicado de explicar, mas tem um episódio sobre esse tema no descontrole:

    http://www.descontrolepodcast.com/2011/09/016desctrl-teoria-da-conspiracao.html

    Abraços.

  • Muito bom esse episódio!

    No começo achei que ia ser meio óbvio, mas vocês falaram tanta coisa que eu só posso elogiá-los!

    Um abraço!