Papo Lendário #40 — Vira Vira Homem, Vira Vira Lobisomem

Trailer Papo Lendário #40
24/02/2011
Trailer Papo Lendário #41
08/03/2011

Nessa edição do Papo Lendário, Leonardo Mitocondria, Juliano Yamada e Pablo de Assis (nerdexpress, metacast) conversam sobre a lenda do Lobisomem.

Veja o simbolismo do lobo.

Descubra porque o Lobisomem é socialista.

Ouça sobre diversas lendas do Lobisomem ao redor do mundo e conheça o Lobisomem brasileiro e sua cidade.

Conheça os lobisomens de verdade.

Veja as adaptações do Lobisomem nas mídias, as boas e outras nem tanto!

Participação de nossa poetisa Jessy (@jessyruiva).

Links:

Joanópolis – A capital do Lobisomem

A Garota do Capuz Vermelho

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Leonardogp

    Uma das lendas que eu mais aprecio é a do Lobisomem por ser uma lenda comum até mesmo no Brasil, mas ainda sim existir em diversos lugares.

    Baixando!

  • duan

    o filme “o coronel e o lobisomem” de 2005 com diogo vilela e selton mello é muito bom!
    vcs esqueceram do “um lobisomem mexicano no texas” O.O
    esqueceram tbm o “A hora do lobisomem – bala de prata” de 1985.. cara nunca vi esse filme, mas tinha um vizinho que assustava toda a criançada do bairro contando a história do filme…
    gosto do visual do lobisomem de underworld e do filme “van helsing” antes desses filmes os lobisomens eram magrelos e tal.. a partir de underworld 1 eles ficaram mais parecidos com os do rpg…
    foi mal pelo comentário gigante… só mais uma coisa, parei de ver true blood pq os lobisomens da série são MUITO toscos…

  • Caras , mas uma vez um bom programa, a edição foi quase tão boa quanto a dos últimos dois, mas teve a narradora o que já merece um ponto positivo, faltou o Felipe Nunes, o que foi uma pena, e o Pablo parecia que estava falando a meio metro de distância do microfone, com a cabeça dentro do balde, rsrs, mas as vozes de Juliano e de Leonardo estavam bem nítidas.
    Gostei de toda a abordagem que vocês fizeram do tema, superou minha expectativa e ainda sobrou coisa pra falar no futuro, coisas que não sei, mas imagino 🙂 .
    Já que no trailer eu mencionei que se houvesse citação ao conto de Chapeuzinho Vermelho eu tinha acesso a uma versão antiga dele, vou postar os links de referência aqui, espero que seja útil

    revistapsicologia
    A Psicanálise e o Domínio das Paixões – ebook No trecho a autora Maria Rita Kehl conta e discute o conto.

    Até o próximo. 8)

  • Sou ouvinte ja a algum tempo mas nunca comentei por nao ter nada a somar ao podcast. Mas agora falando de Lobisomen lembro de minha infancia e um vizinho que adorava contar historias sobre esses seres. Ele por morar no sitio, na epoca onde se acreditavam em tudo, dele contar que andando a noite pela estrada e os pais deles mandarem eles se esconder e ficar quieto pq o lobisomen estava passando, bufando com orelhas cumpridas que até batiam palmas (hilario isso hoje, na epoca nem tanto). Sempre ficava cheio de medos dessas historias. Bons tempos.
    Grande abraço ai.

  • Rafael U. C. Afonso

    Excelente cast como sempre. Apenaas gostaria acrescentar algumas informações:
    * Na novela Roque Santeiro havia o personagem Astromar Junqueira, interpretado por Rui Resende, que todo mundo desconfiava que era lobisomem. Essa suspeita permaneceu até o último capítulo quando – ao som de “Mistérios da Meia-noite” de Alceu Valença – finalmente foi mostrada sua transformação.
    * Embora fora da licantropia mas dentro do tema dos homens animais vocês poderiam ter citado a lenda do boto, que se tranformava em homem para seduzir as mulheres.
    * Na primeira versão do Mundo das Trevas da White Wolf (até 2004), haviam vários tipos de homens animais. Estes foram levados a quase extinção pelos lobisomens pois estes acreditavam que todas as demais raças estavam corrompidas. Haviam todo o tipo raças até instigantes, como os Rokea (tubarão), Corax (corvo) e os Ananasi (aranhas). Outras mais ou menos como os Bastet (felinos) e os Gurahl (ursos). E outras apelativas como os Mokolé (répteis e dinossauros).

    Grato,

    Rafael U. C. Afonso

  • Pedro Ferrari

    Como sempre, excelente o cast.
    Só uma coisa: conhecem o trailer fake (colocado dentro do “Grindhouse”) do “Werewolf women from the ss”? É fantástico. Dá uma olhada: http://www.youtube.com/watch?v=lLcmAwBJgng

  • duan

    acho q uns dois casts atrás eu dei a sujestão de casts mais especificos… acho que esse atende muito bem ao pedido..

  • henrique

    Um dos temas mais fodas que eu poderia esperar! Tô baixando agora mesmo e, confesso, com muita expectativa, hahaha
    Mas confio em vocês!

  • Parabéns pelo podcast, pessoal!!!
    Como sempre, ótimas informações e um jeito bem bacana de passar as mensagens!
    Venho do interior de São Paulo (moro em SP a trabalho!) e lá realmente é uma lenda que ecoa na realidade meio que sempre! Eu mesmo tenho um avô bastante instruído – foi administrador de fazendas, tem brevê aéreo e tals – que jura já ter encontrado com o bicho na fazenda! Conta com bastante realismo que enquanto descansava no ‘”terreiro” (pra secar café) o monstro passou com uma grande confusão de cachorros no encalço… e conta tbm que um compadre foi encontrado sem roupas e todo ensanguentado dormindo no mato no dia seguinte. A vida dele foi tão infernizada pelos colonos da fazenda que ele acabou caindo no mundo e assim a lenda tomou corpo… era o Lobisomen mesmo!!!
    Justificava-se assim todos e quaisquer barulhos noturnos e acontecimentos estranhos que só quem mora no escuro e no mato percebe que acontecem enquanto nós humanos sentimos uma potente droga no sangue: o Medo.

    Enfim, amei o podcast!!! Sou um grande fã, hj e sempre… parabéns!!

  • Jos-El

    Ótimo episódio. Só uma correção quanto ao lobo guará, que na verdade não é um lobo, e sim uma raposa. São gêneros diferentes de canídeos. Quanto ao cruzamento de cães e lobos, ele existe apenas de forma artificial. Porém eles são mais próximos geneticamente do que tigres e leões, portanto sua prole (chamada de cão-lobo) é capaz de gerar descendentes, ao contrário do híbrido leão/tigre (liger) que é estéril. Claro, isso não é algo que altere o ótimo conteúdo do cast.

    Só acrescentando, também existe uma associação de alcoólatras com lobisomens. Como alguns alcoólatras ficam com um aspecto sujo, barbudo, com olhos vermelhos e muitas vezes comportamento violento, como eles freqüentemente se expõem demais ao sol por dormirem em qualquer lugar em que estejam, podem acabar adquirindo uma aparência semelhante aos portadores da porfiria. Por isso imagino que eles eles acabam ficando com essa fama de homens que se transformam em lobo. Acredito inclusive que a história da Chapeuzinho Vermelho vêm para educar as meninas a se afastarem desse tipo de pessoa.

    Uma coisa que eu gosto muito no universo da Whitewolf é justamente a riqueza da mitologia do mundo. Nunca gostei muito de jogar, mas lí Lobisomem, O Apocalipse e adorei demais.

    O rei Nabucodonosor foi amaldiçoado com licantropia não? Não lembro direito da história, mas acho que foi algo assim.

    E tem também o Yamcha de Dragon Ball, se eu não me engano rola uma inspiração de um lobo mitológico nele.

    Desculpem o comentário enorme… Mas é culpa de vcs que nos empolgam para participar.

  • Esse episódio despertou vaga lembrança de uma música antiga, chama-se “Serafim e Seus Filhos” e é composição de Ruy Maurity e José Jorge.

    A música conta a história de Serafim, que matou um de seus filhos e esse volta como lobisomem. A música é bem simples, mas a história é bacana.

    Essa é a versão original, mas ela já foi regravada por Sérgio Reis e, se eu não me engano, Zezé di Camargo e Luciano (?!):
    http://www.youtube.com/watch?v=y08emOzCCLI

  • Donizeti Cabral

    Olá! Este cast me fez despertar uma lembrança há muito esquecida. Quando eu era criança e morava em Belford Roxo no RJ, naquela época em que a cidade começava a desenvolver-se, houve uma família muito estranha que morava num sítio. O chefe da família tinha o apelido de “Capixaba” e rezava a lenda local que em noites de lua cheia ele se transformava em Lobisomem. A família era cercada de peculariedades, a esposa era repleta de verrrugas do alto da cabeça até a ponta dos pés deveria ter umas 5 mil ou mais espalhadas pelo corpo, os filhos tinham um problema de coluna que os “envergava” e eram baixinhos e gordinhos, o marido era um negro alto forte e peludo, daqueles que tem cabelos grisalhos nos lados da cabeça e ele também andava “envergado”. Tudo isso aliado a um local escuro sem iluminação pública, sem asfalato com as ruas cheias de matos e terrenos baldios e com matos altos e muitas arvores pelas ruas, logo virou lenda a história do lobisomem. fazem mais de 20 anos que não volto lá, mas soube que o local está urbanizado, poucos locais com matos e árvores. A lenda foi esquecida. Pois a família já não reside mais no local. Essas lendas parecem permancer em locais onde predomina a existência de natureza, matas e árvores. N a cidade fica dfícil acreditar. Falow galera!!!

  • Seguindo a tradição que o Papo Lendário tem em seguir a onda do carnaval (?!), acabou de aparecer um lobisomem no desfile da Grande Rio (:

  • Juan Pablo

    Nossa, ri muito aqui com esse cast, como sempre excelente.

    Quando li o comentario do Jos-El falou, lembrei do professor Lupin, dos livros de Harry Potter… que em sua descrição parece um bêbado/vadio … reforçando a associação de alcólatras e lobisomens

    Tem um filme clássico que se chama I was a Teenage Werewolf (1957), que inspirou claramente a música do legiao urbana chamada Eu era um lobisomem Juvenil, que eu acho mutio boa. Nesse filme o lobisomem é um estudante de ginásio que tem problemas de agressividade. Ele procura um médico pra ajudar, mas esse médico começa a fazer uma experiência com o estudante, que acaba se tornando um lobisomem…

    http://www.youtube.com/watch?v=p3KYxj3MQp8&feature=fvst
    http://www.youtube.com/watch?v=5bD4Fw_TIWs

    Um outro que chama The Wolf Man (1941), não sei se é esse que vocês citam no cast, mas eu achei muito bom também.
    Esse é mais normal que tem o cara mordido por um outro lobisomem. O engraçado é que tem o tão conhecido Drácula (bela lugosi) como lobisomem !

    Ambos tem na net pra baixar, o primeiro não consegui legendas.

    Valeu, até mais.

  • everton

    nunca tenho muito tempo
    ou disposição para ficar postando mensagens
    nos podcast’s que ouço.

    Mas nao da ´pra ficar indiferente ao trabalho de voces
    ja ouvi todos os cast’s mais de uma vez
    e admiro muito o trabalho que fazem

    muito obrigado !

  • henrique

    Parabéns, não só alcançaram as minhas expectativas, como superaram também!
    Acho que esse foi o podcast que vocês fizeram a abordagem mais completa do tema. Muito, muito foda.

  • É interessante que o History lançou um documentário entitulado “O Verdadeiro Lobisomem”. Assisti hoje e gostei muito.

  • Daniel K.

    Putz, tô ouvindo os podcasts sempre com algum atraso.

    Muito bom!

  • Adorei! Mas estou com uma duvida, qual o nome da musica no final do Podcast ?

  • Brancão

    heta porra,,curti mano.Massa bagarai.
    Meu avo ja enfrentou um ,segundo a minha mãe..Ela conta e até hoje arrepia cara..foda.
    Não duvido que tenha não,mas em zonas urbanas mais populosas acho meio difícil.