Papo Lendário #138 – O Que Aconteceria Se… II

As Musas
04/04/2016
Os Fir Bolgs
07/04/2016

Neste episódio do Papo Lendário, Leonardo, Nilda Alcarinquë e Lucas Ferraz voltam a conversar sobre mitos, deuses e religiões em mundos alternativos

Como seria nossos mitos se não tivesses visão?

Se não houvesse montanhas ou relevos?

E se vivêssemos debaixo das águas?

LINK

Ouça o primeiro episódio de “O Que Aconteceria Se…”

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Jacarepaguá – Avatar da Treta

    Muito bom, programa sobre conjecturas e possibilidades. Curti, ouço amanhã no trampo. Abraços.

  • Augusto Tenório

    Espero que seja tão bom quanto o do mago.

  • Lucas Castro

    Muito bom, assim como o primeiro. O que mais me fez pensar sobre o que aconteceria foi o mundo em que a água não seria necessária. Isso seria para todos os seres vivos? Acho que não por causa da vegetação, então como seria a relação do ser humano com peixes e animais marinhos?
    Muito legal fazer esse exercício de imaginação, principalmente pra autores de algum tipo de ficção que se passa em um outro universo!

  • Ricardo S Gonçalves

    E se as pessoas tivessem a mesma capacidade das bactérias de captar DNA, e por consequência genes/características, de outras espécies ou mesmo até sequencias livres no meio. Basicamente seria se nos conseguíssemos captar/copiar características e estruturas de outros seres(como pelagem, escamas, outros tipos células cones ou bastonetes…). Isso também possibilitaria que nos reproduzimos com praticamente qualquer outra espécie eucarionte(animais, plantas e fungos)

  • Anderson Cardoso

    Olá
    Gostaria de falar de dois pontos citados no podcast:

    1.º: os cetáceos (grupo que compreende as baleias e os golfinhos) são evoluções diretas de espécies de lobos. Portanto, são “primos” dos nossos cães domésticos. Acredito que se fôssemos (humanidade) seres marinhos, teríamos treinado golfinhos e orcas como animais domésticos. Arthur C. Clarke tratou sobre domesticação de orcas em seu livro “Odisseia no Mar”.
    2.º: Se existisse no céu apenas o Sol e a Lua, não seria possível intuir sobre o modelo heliocêntrico apenas observando (talvez existam métodos atuais que possibilitem isto). Agora se ainda conseguíssemos visualizar os planetas (da Terra são visíveis a olho nu Venus, Marte, Jupiter e Saturno) teríamos descoberto que a Terra gira em volta do Sol da mesma forma que realmente ocorreu, pois foram os movimentos dos planetas que levaram os cientistas a esta conclusão.
    3.º: O calculo do ano Solar seria sem as estrelas. Seria mais difícil e menos preciso, mas possível calcula-lo através do ciclo das estações.

  • Sidney Andrade

    Oi, Gente
    Sou ouvinte cego de vocês, ia mesmo começar a pensar sobre um mundo onde a visão nunca tivesse existido, mas aí lembrei de um ótimo conto que já fez isso por nós. “Em terra de cego” de HG Wells, temos um explorador que se perde numa cordilheira e encontra uma sociedade de pessoas que nunca enxergaram, o modo como ele imaginou a dinâmica da vida social deles é muito interessante, deixo aqui o link para o conto:
    http://www.riesemberg.com/2013/05/em-terra-de-cego.html

  • rpgplace

    Em um mundo sem visão seres humanos seriam morcegos-vampiros