Escritos Lendários — Prometeu, Os Homens e Outros Mitos

Papo Lendário #65 — Os Zumbis da Ciência
17/04/2012
Papo Lendario #66 – O Herói Trabalhador
28/08/2012

PROMETEU, OS HOMENS E OUTROS MITOS

A Coleção MITOLOGIA HELÊNICA

Antes de começar a falar deste livro, vou falar da coleção da qual faz parte: Mitologia Helênica, da Editora Odysseus.

Esta série de livros somente há pouco tempo foi publicada no Brasil, mas há mais de 3 décadas é uma referência para a juventude grega quando se trata de introdução á mitologia.

Stephanides organizou as histórias de maneira coerente, numa linguagem acessível à maioria das pessoas, que não subestima a inteligência do leitor. Por isso não esconde quando um herói faz algo que seria condenável atualmente, muito menos quando era algo condenável à época. Se o deus ou rei faz algo que pode ser considerado injusto, isso é contado sem torná-lo um vilão caricato.

Em certos trechos ele faz comentários sobre a existência de versões diferentes da história ou até sobre algumas incongruências. Seus comentários podem parecer datados, e certamente muitos o são, mas o objetivo desta coleção não é discutir particularidades dos mitos e da religião da Grécia antiga e sim apresentar as histórias de forma compreensível para o público jovem. E isso é feito de forma muito competente.

Na edição brasileira, além dos textos narrativos, no final de cada livro há um comentário de um professor da área sobre algum aspecto do mito, ou sobre a percepção que temos deles e o porque de alguns aspectos terem sido ressaltados numa ou noutra versão. É um complemento que atualiza alguns aspectos das histórias ou simplesmente acrescenta algo que não havia no original grego, mas os editores brasileiros acharam por bem expor.

Com certeza estes são os livros que queria ter lido na infância ou, no mais tardar, na adolescência, e fez muita falta não conhecer estas histórias da forma como são narradas. Por isso os estou recomendando aqui no Mitografias e darão origem alguns posts. Outros livros, de outros autores, serão recomendados, mas esta coleção seres serão os primeiros.


PROMETEU

Stephanides começa este livro falando sobre as 5 Idades do Homem, dando um breve relato sobre as idades do Ouro, da Prata, do Bronze, Heróica (ou mítica) e do Ferro. É nas Idades do Bronze e na Heróica que a maioria dos mitos gregos acontece e, para contar as histórias, o autor coloca Prometeu como o fio condutor.

Filho de Jápeto e Clímene, Prometeu foi um titã que auxiliou Zeus e seus irmãos na rebelião contra Chronos e por isso não foi encarcerado no Tártaro. É o responsável pela sobrevivência da raça humana, pois ensinou boa parte do essencial para melhoria das condições de vida da humanidade. Também foi professor de Atena, o que o torna um dos responsáveis pela origem de muitas das invenções que ajudaram, ou atrapalharam, a humanidade.

Seu irmão Epimeteu é mais impulsivo, o “que pensa depois” e por isso foi escolhido por Zeus para receber Pandora como um presente, dando origem à história do vaso de Pandora.

Prometeu é conhecido por roubar o fogo para dá-lo à humanidade e isto é considerado, por muitos, seu maior feito.

Mas sua contribuição extrapola o roubo do fogo: ele foi o realizador da trapaça que deu aos homens o direito de consumir a carne dos sacrifícios e não apenas os ossos e pele, como queria Zeus, e também foi quem avisou Deucalião sobre o Dilúvio.

Stephanides nos apresenta os sofrimentos a que Prometeu foi condenado por ajudar a humanidade e contrariar Zeus. A história de Prometeu Acorrentado nos proporciona uma boa visão do pensamento deste Titã, ou os pensamentos a ele atribuídos, suas habilidades e como seu dom de “ver à frente” conduz suas atitudes e o ajuda a suportar o castigo a que foi submetido.

Creio que boa parte do porquê os gregos desenvolveram seus pensamentos e idéias se devem a este mito do Titã que não se deixou intimidar, expôs suas idéias e lutou por elas com as armas que teve ou inventou.

OS OUTROS MITOS:

A história de Prometeu ocupa 1/3 do livro. Nos outros 2/3 Stephanides nos apresenta várias histórias importantes para conhecermos e compreendermos os mitos gregos e, principalmente, as referências feitas a eles até hoje:
Dionísio; Pã; Orfeu e Eurídice; Dédalo e Ícaro; As Musas e As Graças; Centauros e os Lápidas

E os menos conhecidos atualmente, mas ainda sim importantes:
Árion e Mársias; Europa e Cadmo; Níobe, A Lua, Aurora e o Sol; Pélope e Enomao

Vou comentar e relatar sobre duas das histórias apresentadas:

DEUCALIÃO E O DILÚVIO

Aqui a história do Dilúvio é contada pelo ponto de vista dos gregos. Os humanos ou, no caso, o Rei Licaon, desrespeitam as leis da hospitalidade e com isso, desrespeitam Zeus e a humanidade é punida com a chuva incessante e o Dilúvio.

Deucalião é filho de Prometeu, e o titã, que previu o que está por vir, é quem alerta e instrui o filho a construir o barco que salva os homens e os animais.

Os homens fora re-criados após o Dilúvio, e deram origem à Idade do Ferro. Os descendentes de Deucalião e Pirra, principalmente dos de seu filho Heleno, originaram os reis e heróis da Idade Heróica.

DIONÍSIO

É interessante notar que a história de Dionísio não está no volume da coleção sobre os deuses do Olimpo, bem como a de Pã.

Talvez pelo fato de Dionísio ter sido considerado por algum tempo como um “Deus tardio”, ou por ser o único que tem uma história de conquista de reinos e territórios, Stephanides tenha separado sua história dos outros Olímpicos.

Vale a pena ler sobre este deus singular, o único filho de uma humana e que é o deus do vinho, da euforia e patrono do teatro.

Esta edição é encerrada com um posfácio do Professor Antonio Medina Rodrigues, um pequeno texto sobre a Mitologia grega e sobre o sentido de “Pensar Adiante”, ou Prometeu. E sobre os males que tanto a ignorância como a inteligência podem causar.

STEPHANIDES, Menelaos : PROMETEU, OS HOMENS, PERSEU E OUTROS MITOS, coleção Mitologia Helênica, São Paulo, Odysseus Editora Ltda.

Texto de: Nilda Alcarinquë (@nildaalcarinque)

—————————————————————————————————

Se interessou pelo livro? Então clique no quadro ao lado (Livraria Cultura) e vá direto para o site deles comprar um exemplar do livro.