Outras Obras Sobre a Terra Oca (O Mito da Terra Oca – Parte Final)

Resenha de Niels Klim’s Underground Travels (O Mito da Terra Oca – Parte 02)
16/07/2013
Escritos Lendários – As 241 Histórias de Sahrazad
03/08/2013

Esse texto é de autoria do ouvinte Felideo Desitalle Paravimnce.
Para ler a parte 01 clique aqui.
Para ler a parte 02 clique aqui.

Algumas Teorias

Le Clerc Milfort (02/02/1752 a 1817/1820, oficial militar e aventureiro francês), em 1781, levou uma viagem com centenas de índios Creek a uma série de cavernas perto do Red River acima da junção do rio Mississippi, onde de acordo com lendas dos Creek, seus antepassados emergiram da Terra. Milfort afirmou que as cavernas que viam, “poderia facilmente conter 15.000 -. 20.000 famílias”.

John Cleves Symmes, Jr. (1779 a 05/1829, militar americano) em 1818, apresentou a teoria de que a crosta terrestre teria aproximadamente 1.300 km de espessura, com aberturas de cerca de 2,300 km de diâmetro em ambos os polos e quatro camadas internas. Propondo uma expedição, quase conseguiu aval do presidente dos EUA, John Quincy Adams, que sinalizou simpatia com a ideia, mas deixando o cargo antes da aprovação, que logo foi negada pelo novo presidente, Andrew Jackson.

Outras Obras

Já no inicio do seculo XX, temos inúmeros escritores fãs do Mito da Terra Oca, mas diferentemente do outros já apresentados, eles começam a fundamentar suas teorias em mitos antigos de outras civilizações.

William Reed, publicou o livro “Phantom of the Poles” (Fantasma dos polos) em 1906. Ela propunha uma terra oca, com abertura nos polos, porém, sem um sol em seu interior.

Você pode baixar o livro de Reed aqui: http://archive.org/details/phantompoles00reedgoog
Em dominio publico, não se preocupe.

Walburga Ehrengarde Helena, Lady Paget (1839-1929, cronista e escritora, inglesa), em seu livro Colloquies with an unseen friend, (Conversas com um amigo invisível, tradução livre) (1907) fez uma breve menção a teoria da terra oca, alegando que existiam cidade subterrâneas, abaixo do deserto, onde viveria o povo de Atlantis e que a entrada para este reino seria descoberta no século 21.

O Livro já é de domínio publico, caso alguém ache para download, poste o link nos comentários.


William Fairfield Warren (13/03/1833 a 07/12/1929), em seu livro, Paradise Found—the Cradle of the Human Race at the North Pole (Paradise Found: O Berço da Raça Humana no Pólo Norte, tradução livre) apresentou a sua crença de que a humanidade teve origem no continente ártico de Hiperbórea.

Warren coloca várias terras míticas (Atlantis, Jardim do Éden, o Monte Meru , Avalon e Hiperbórea), acreditando que elas são memorias folclóricas de uma antiga civilização surgida no extremo norte do planeta, de onde o homem teve origem. O argumento utilizado por Warren foi o posicionamento de Atlas no extremo norte, a partir do mapeamento da cosmologia antiga grega, onde igualou o primordial Titã Atlas da mitologia grega, que apoiou os céus sobre os ombros (ou apoiou a terra em um pilar) com o Atlas descrito no diálogo Crítias de Platão, como o primeiro governante do Atlantes.

Em sua visão todo o axis múndi ou eixo cósmico de lendas antigas como o Yggdrasil, Irminsul e o titã Atlas, tinham de ser localizados no extremo norte, o topo do mundo.

Hiperbórea, seria uma ilha ou região localizada no mais extremo norte. Os gregos pensavam que Bóreas, o vento Norte, viveu na Trácia, e que Hiperbórea era uma região não especifica, que estava literalmente além do vento norte. Sendo uma terra paradisíaca, com o sol brilhando 24 horas por dia, com bosques exuberantes e impenetráveis, tomado por criaturas terríveis, a que seguia um imenso espaço de oceano congelado, a mítica região dos gelos eternos.

Antoni Ferdynand Ossendowski (27/05/1876 a 3/01/1945, escritor , jornalista , viajante, globetrotter, explorador e professor universitário, polonês) escreveu Beasts, Men and Gods (Bestas, Homens e Deuses, Tradução livre) baseado em varias lendas e tradições orientais, onde inicialmente, dando pouca importância aos relatos, logo percebendo impossibilidade da mesma estória ser contada por múltiplas fontes isoladas.

Um de seus relatos fala sobre um aldeão mongol, que tinha lhe mostrado uma porta, na região de Nogan Khul, onde um caçador havia penetrado em um mundo subterrâneo e conseguido voltar, contando a todos o que tinha visto. Então para impedi-lo de espalhar a estória, os lamas cortaram-lhe a língua. Anos depois o caçador, já velho, retornou a caverna para nunca mais ser visto.

Seus relatos, ainda são bastante fragmentados, pois seriam os lamas, os únicos portadores do conhecimento sobre o Reino Subterrâneo, e estes ficavam inquietos a cerca das perguntas que Antoni fazia a eles.

http://www.gutenberg.org/ebooks/2067

Alexandre Saint-Yves d’Alveydre (26/03/1842 a 05/02/1909, ocultista e esoterista francês), viajando pela Índia, recebeu relatos semelhantes aos mongóis, conseguindo explicações de sábios hindus que reservadas somente à casta brâmane. Mas em 1885, Alexandre foi obrigado a destruir todos os originas de suas pesquisas, sobe ameaça de morte de uma confraria, que se intitulava Os Homens de Negro. Por sorte, restando uma copia que escapou da destruição.

Esta obra também fala, além de muitas outras informações, sobre um Mundo Subterrâneo chamado Agartha, associada à cidade sagrada de Shambhala.

Googlegrafia:

http://creepypastapuro.blogspot.com.br/2012/11/terra-oca_9.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Terra_oca
http://pt.wikipedia.org/wiki/Edmond_Halley
http://pt.wikipedia.org/wiki/Aurora_boreal
http://ahduvido.com.br/a-teoria-da-terra-oca-mito-ou-verdade
http://www.gnosisonline.org/magia-cosmica/o-mito-da-terra-oca/
http://www.gnosisonline.org/magia-cosmica/o-reino-subterraneo-%e2%80%93-misterio-dos-misterios/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Shambhala
http://pt.wikipedia.org/wiki/Agartha
http://pt.wikipedia.org/wiki/Voyage_au_centre_de_la_Terre
http://arte-vida-poesia.blogspot.com.br/2012/09/a-terra-e-oca-grande-descoberta-1809.html
http://www.gutenberg.org/ebooks/27884
http://en.wikipedia.org/wiki/Kings_of_Shambhala
http://en.wikipedia.org/wiki/Sven_Hedin
http://legio-victrix.blogspot.com.br/2012/01/o-mito-de-hiperborea.html
https://en.wikipedia.org/wiki/Ludvig_Holberg
https://en.wikipedia.org/wiki/Niels_Klim%27s_Underground_Travels
https://en.wikipedia.org/wiki/Hollow_Earth
https://en.wikipedia.org/wiki/Hyperborea