Jataka: O Corvo Ganancioso

Papo Lendário #131 – A Trilogia Tebana
03/11/2015
Báucis e Filêmon
09/11/2015
Traduzido e Adaptado por Rafael Brito

Era uma vez uma boa pomba que vivia em um ninho próximo a uma cozinha. Os cozinheiros dali gostavam dela, e costumavam alimentá-la com grãos. Ela gostava do local, e tinha uma boa vida. Certo dia um corvo viu a pomba, e viu a maravilhosa comida que ela conseguia da cozinha. Assim, ele fez logo amizade com a pomba, e, sob esse pretexto, passou a compartilhar o ninho com ela. A pomba disse-lhe, então, que eles podiam passar o tempo discutindo política, religião ou outros assuntos afins, mas, em se tratando de comida, cada qual deveria cuidar de si mesmo. O corvo, então, impacientou-se, pois a comida era o único motivo pelo qual estava ali. Ele queria carne, mas tudo que a pomba conseguia da cozinha eram grãos.

Ele não mais podia esperar, e decidiu ir até a própria cozinha em busca de seu alimento. Assim, ele cautelosamente desceu pela chaminé da cozinha, onde sentiu um maravilhoso cheiro de peixe fritando na panela. O corvo não pôde resistir, e avançou pela cozinha em busca do peixe frito. Mas, no caminho, ele derrubou uma jarra, fazendo um grande barulho. A agitação alertou um cozinheiro que estava no aposento ao lado da cozinha, e ele logo capturou e matou o corvo.

Moral: [i]A Ganância entorpece a Inteligência.[/i]