Antologia Mitografias – Volume III: Trindade

Antologia Mitografias Volume 3 - Trindade

Antologia Mitografias – Volume III: Trindade – Edital

Seja bem-vindo ouvinte, leitor e escritor. Com o sucesso dos volumes I e II da Antologia Mitografias, Mitos Modernos (compre aqui) e Mitos de Origem (baixe aqui). Chegamos ao terceiro e último volume desta saga. E é com muito orgulho que apresentamos a Antologia Mitografias Volume III – Trindade.

Mais um vez, dependemos de você escritor, profissional ou amador, que tem prazer em dar vida à novas histórias. Aceite nosso convite, aproveite o próprio material do site e podcasts, revisite suas narrativas favoritas e inspire-se. Uma antologia só existe se houver histórias para contar.

Sobre a Temática

Esta será a última edição da Antologia Mitografias, portanto queremos fazer algo épico. E nada melhor que combinar o tema com o número da edição, já que trindade é um conceito universal e importantíssimo para inúmeras culturas e mitologias. São incontáveis os deuses e personagens que possuem um aspecto triplo. Sejam três entidades em uma só, ou mesmos um trio de personagens que se complementam. Ou ainda inúmeros conceitos que permeiam a vida humana e se apresentam em três aspectos, como a própria ideia de começo, meio e fim.

Desta vez, o tema será Trindade, e queremos que você utilize de personagens míticos ou dos próprios mitos junto a essa perspectiva tríplice. Você autor, poderá utilizar um ou mais personagens (divinos ou não) que possuam esse aspecto, ou então se inspirar nessa simbologia e nas narrativas míticas que o utilizam para assim criar sua própria obra singular.

Procure não recontar mitos existentes, pesquise e seja criativo. Todas mitologias e culturas são permitidas, e, dessa vez, o período histórico também é livre – ou seja, a narrativa pode se passar no passado, presente ou futuro.

Exemplos

Para se inspirar, você pode usar o próprio site do Mitografias como referência. Contamos diversas dessas narrativas nos podcasts e em textos. Temos três episódios focado em várias trindades:

O que você pode utilizar em seu conto para se adequar ao tema:

Deuses tríplices: Em várias mitologias e religiões encontramos deuses que são um e três ao mesmo tempo, e esse é um aspecto importante para tal divindade. Como Hécate (mitologia grega), a Deusa Tríplice da Wicca, Morrigan e Brigit da cultura celta.

Trio de deuses ou personagens: Existem muitos deuses e personagens míticos, que, apesar de serem diferentes entre si, formam um trio pela sua função ou parentesco. Inúmeros exemplos, como: os Ciclopes Urânios, as Górgonas, as Gréias, as Graças, as Fúrias, os juízes do submundo (Minos, Éaco e Radamanto). Ou então alguns trios cujo conceito se confunde com do exemplo anterior, as vezes representados como divindades diferentes, às vezes como uma única com três aspectos, exemplo disso temos o Trimurti hindu (que une Brahma, Vishnu e Shiva), as Moiras (deusas gregas do destino), e vários outros.

Mitos, lendas e contos folclóricos: O conto também poderá se basear em algum episódio folclórico ou mítico cujo o conceito de três seja relevante. Por exemplo o mito que conta origem das classes sociais pelo Heimdall, na cultura nórdica. Ou ainda exemplos clássicos de narrativas populares: três filhas de um rei; três desafios que o herói deve vencer para chegar ao seu objetivo; três objetos mágicos que se deve reunir; três cavaleiros que devem cumprir uma tarefa.

Simbologia: Também pode-se trabalhar sobre a simbologia do número três, não necessariamente em um personagem ou divindade. Exemplo disso é a triquetra celta, ou mesmo os trigramas orientais.

Conceitos triplos: Por fim, existe a possibilidade de usar como foco do conto, conceitos de nossa vida que se apresentam de forma tripla, como início, meio e fim, ou então criança, adulto e velho, e etc. Lembrando sempre de manter a relação com o mítico.

Tais exemplos servem como um guia, e não uma limitação. o limite é a tua criatividade. Surpreenda-nos! Mais uma vez, não aceitaremos meros recontos de mitos, eles devem nortear uma criação original. E também não basta utilizar três personagens, deuses ou elementos, apenas para dizer que são três. Eles tem que ter um relação mítica, e ter relevância para o conto.

Regulamento

Para participar, é preciso seguir algumas regras:

  • 1) O autor(a) precisa ter 18 anos ou mais.
  • 2) Cada conto só pode ter um autor(a).
  • 3) Não aceitaremos contos que infringirem direitos autorais.
  • 4) O texto deve ser escrito em formato de conto, e em prosa.
  • 5) O conto deve ser inédito, portanto não deve ter sido publicado anteriormente em nenhum formato, tanto físico quanto digital, seja pelo autor(a) que envia, ou outro(a).
  • 6) O conto deve ter no mínimo 1.000 (mil) palavras, e no máximo 8.000 (oito mil) palavras (desconsidera-se o título).
  • 7) O conto não deve possuir fotos nem ilustrações. Caracteres especiais são permitidos.
  • 8) O conto deve ser enviado até o final de 30/06/2019.
  • 9) O conto deve estar em português do Brasil, mas é permitido o uso de termos e frases em outras línguas caso a narrativa necessite.

Regulamento referente ao envio

  • 1) Envie para [email protected]
  • 2) Coloque o assunto do e-mail da seguinte forma:
    Antologia Volume 3 – [NOME do CONTO] – [NOME do AUTOR]
  • 3) No corpo do e-mail, escreva uma sinopse de seu conto. Os mitos/personagens o qual se baseou ou utiliza. E detalhe tudo o que achar importante para o entendimento do conto.
  • 4) No final do corpo do e-mail coloque seu nome completo.
  • 5) Em anexo, coloque sua história, em formato .doc ou .rtf

Mais alguns detalhes

  • 1) Os participantes não terão gastos e nem lucros com a publicação.
  • 2) O site Mitografias, todos os participantes do site ou organizadores dessa antologia não terão nenhum lucro direto com a publicação.
  • 3) Essa antologia não será inscrita no ISBN.
  • 4) Cada participante pode enviar quantos e contos quiser, mas apenas um poderá ser selecionado.
  • 5) Podem participar autores de qualquer localização e nacionalidade.
  • 6) Revisem seus textos. Obras com muitos erros de português facilmente serão desclassificadas.
  • 7) Serão aceitos contos de quaisquer gêneros literários, desde que se atenham à temática proposta.
  • 8) Não faremos censura prévia quanto a temas ou termos utilizados, mas a comissão avaliadora se reserva o direito de não aceitar o conto caso ache ofensivo.
  • 9) Recomendamos a formatação com espaçamento simples, fonte Times New Roman 12 e com negritos e itálicos necessários já aplicados.
  • 10) Os autores selecionados receberão, no devido momento, um contrato por e-mail, apenas para fins de formalidades de sua participação na antologia.
  • 11) Fique de olho nas redes sociais do Mitografias, pois ao longo do primeiro semestre faremos algumas apresentações e posts para explicar mais sobre o tema e tirar dúvidas.

Sobre a Avaliação

A comissão avaliadora se reserva o direito de aprovar ou rejeitar as obras enviadas de acordo com critérios internos e absolutos. Os autores selecionados serão informados via e-mail, dentro de um mês após o fim do prazo de inscrição.

O conto que melhor representar a temática da antologia, segundo os critérios da comissão, servirá de base para a capa.

Como será Publicado?

A antologia, com todos os contos selecionados, será publicada no próprio site Mitografias em formato digital (PDF, EPUB, MOBI), obviamente sem nenhum gasto para os participantes. O objetivo desse projeto é de incentivar os atuais e futuros escritores, apresentar o site do Mitografias para um novo público e divulgar novas histórias, sempre com elementos mitológicos.

O projeto não tem fins lucrativos. Será disponibilizado no Mitografias de forma gratuita, o único passo necessário é fazer um compartilhamento nas redes sociais (Facebook ou Twitter) para poder baixar um exemplar.

Equipe Organizadora

A organização desta antologia é de responsabilidade de Leonardo Tremeschin, Lucas Ferraz, e Andriolli Costa, e com auxílio de Isa Prospero e Rodrigo Rahmati na avaliação e revisão dos contos recebidos.

LEONARDO TREMESCHIN é mitógrafo, desenvolvedor WordPress, podcaster e editor. Formado em Audivisual e Análise de Sistemas. É o criador e diretor do Mitografias. Leonardo é um entusiasta e pesquisador de mitologias há mais de 15 anos. Com uma visão cética do mundo, sempre buscou o aspecto antropológico das mitologias e religiões, com objetivo de entender o motivo de tais civilizações terem suas crenças, analisando suas diferenças e semelhanças. Edita e comanda os podcasts do Mitografias faz 10 anos, sendo idealizador do Papo Lendário, do Religare e do Manual dos Monstros, e também é membro do podcast Mundo Freak Confidencial

LUCAS RAFAEL FERRAZ é podcaster no CabulosoCast e Papo Lendário, edita os contos postados no Leitor Cabuloso e é editor-assistente na Revista Trasgo. Também é escritor e tem vários contos publicados em antologias.

ANDRIOLLI COSTA é jornalista, contador de histórias e editor do blog O Colecionador de Sacis, onde aborda os diversos aspectos da cultura popular brasileira. Foi ainda apresentador do podcast Popularium, produzido em parceria com o Mundo Freak. Organizou em 2017 a revista Saci Pererê – 100 anos do Inquérito, com contos, ilustrações e matérias envolvendo o saci no contemporâneo. Dirigiu também três curtas-metragens inspirados em mitos e lendas: Enterros (2015), O Colecionador de Sacis (2016) e Medusa (2017). Seu projeto mais recente, o Folclore Nu, reconta mitos e lendas a partir de ensaios de nu artístico.

ISA PROSPERO é revisora e tradutora. Nasceu em Piracicaba – SP, mas mora em São Paulo há quase uma década, onde acumula livros e ideias. É coautora do juvenil Volto quando puder (editora Hoo) e autora de diversas histórias de fantasia engavetadas ou em revisão. Escreve para o blogsemserifa.com e seus trabalhos e publicações podem ser encontrados em isaprospero.com.

RODRIGO RAHMATI é formado em Gestão Ambiental e servidor público praticamente desde sempre. Além de escritor, é podcaster, fotógrafo, desenhista, dançarino de folclore árabe, karateka e derbakista. Tem vários contos publicados — quase todos com elementos de fantasia, ficção científica e terror, em maior ou menor grau — e dois romances: O arquivo dos sonhos perdidos, de 2016, e Nefelibata ou O fotógrafo, de 2017. Além disso, é co–editor e revisor dos contos do site Leitor Cabuloso, co–host do podcast SobrEscrever e host do podcast Rock Pelo Mundo.

Se ainda tiver alguma dúvida, fique à vontade de entrar em contato conosco pelo e-mail: [email protected]

Agradecemos a todos que participarem, e corram pois tem só até dia 30/06/2019 para participar.

Boa sorte!