Um Pouco Sobre o Deus do Trovão!

Papo Lendário #44 — Eu Quero Acreditar, mas é Dificil!
26/04/2011
Trailer Papo Lendário #45
03/05/2011

Hoje nos cinemas nacionais estreia o filme de adaptação de quadrinhos do Thor, o Deus do Trovão. Nos primórdios do Papo Lendário já fizemos um episodio sobre o Deus do Trovão (Episodio 01 – Thor, o Deus Barra Limpa), onde comparamos o Thor mitológico com o Thor das HQs da Marvel Comics.

Nesse post vamos falar um pouco mais desse deus e mostrar algumas outras adaptações do Deus Nórdico.
É interessante notar que o caráter do Thor da mitologia é bem diferente do Thor dos quadrinhos, mas mesmo assim ambos são considerados heróis nobres, isso é claro se deve a diferença da cultura que temos agora com a cultura nórdica antiga. Para um povo guerreiro ter um deus agressivo seria algo comum e até desejável, como era comum vermos nos deuses nórdicos, enquanto que nos quadrinhos, apesar de também ser extremamente forte e poderoso, vemos que Thor possui uma índole mais justa e menos agressiva. Sendo que em algumas edições os roteiristas nos mostram que tal aspecto bárbaro do deus existiu sim, mas faz parte de seu passado, em uma época onde ele seria ingênuo e arrogante.
Aqui vai algumas HQs que recomendo mesmo para quem não acompanha quadrinhos, por seu aspecto mais mitológico.


Loki
Essa é em minha opinião, uma das melhores histórias nórdicas lançadas pela Marvel. Como diz o nome, é focada no deus da trapaça, Loki. Mostrando que as diferentes versões dos mitos nórdicos e também a versão das hqs são nada mais do que universos paralelos. Caso queira saber mais veja o review aqui no Mitografias.


Marvel Especial 15: Thor – A Era do Trovão
Essa é uma compilação de varias histórias, onde a maioria delas são bem ligadas ao universo mitológico asgardiano. Algumas até são releituras de lendas da mitologia. Aqui é comum vermos o Thor sendo representado de forma arrogante, em um período anterior a sua versão heroica. As histórias são ao mesmo tempo independentes, mas também se unem para uma trama maior.


Saga do Ragnarok
Essa saga se passa dentro da cronologia do Thor dos quadrinhos, e por isso, diferente das anteriores é totalmente focada no Thor super-herói, tanto que até vemos outros personagens da Marvel lá. Ela foi lançada nas edições Thor 80 ao Thor 85, aqui no Brasil nas revistas Os Novos Vingadores 22 a Os Novos Vingadores 26. Como falei é algo totalmente do universo dos quadrinhos, mas para quem curte é interessante ver a versão e explicação que eles dão ao Ragnarok e os elementos da mitologia inseridos na historia. Portanto ao ler tal saga não se prenda aos conceitos mitológicos, os mesmo são deturpados para se adequarem ao universo Marvel. Mas em geral é bem desenvolvida.


Os Maiores Classicos do Poderoso Thor
Três encadernados, todos escritos por Walter Simonson, considerado um dos melhores roteiristas a escrever historia do Deus do Trovão. Da mesma forma que a citação anterior, essas historias se passam dentro da cronologia do Thor da Marvel, mas também são muito bem escritas e com muitas citações mitológicas. Talvez essa seja a época que melhor define o estilo do Thor super-heroi.

Diferentes Faces:
O Thor mitológico não possui muitas variações, na verdade seu conceito é bem simples, um deus poderoso, mestre das tempestades, guerreiro extremamente feroz mas muito adorado na antiga cultura viking. O mais perto de mudanças que temos no deus do trovão é sua versão germânica, Donar.

Já o Thor das HQs teve varias fases, algumas mudando apenas sua aparência, outras seu conceito, e até seu poder.

Donald Blake
O alter-ego humano do deus do trovão, no qual se transformava no deus quando batia seu cajado no chão. No inicio pensava-se que o Dr. Blake era um humano que dividia o corpo com o deus do trovão, no entanto mais pra frente vemos que são a mesma pessoa, apesar de sempre manterem mentalidades diferentes

Thor Clássico
A versão clássica do Deus do Trovão.

Thor com a Força-Odin
Após a morte de Odin, Thor teve que assumir o reinado de Asgard, e com isso ele também recebeu o poder do grande Odin. É interessante vermos que por mais poderoso que Thor sempre fosse, Odin sempre foi bem mais poderoso que ele.

Thor Ultimate
Na versão ultimate, o Thor não tem todo o glamour heroico que temos na versão clássica. Aqui apesar de lutar pelo bem, temos um Thor diferente que não se interessa muito pelos outros heróis, e que se mostra mais folgado e beberrão. No inicio não se sabia se ele era mesmo um deus nórdico ou apenas um louco com poderes.

O que eu acho: De todos os filmes da Marvel esse era o filme que do qual achcava mais impossivel de ser feito, principalmente no meio de outros filmes com teor de tecnologia. Sempre imaginei que um filme do Thor só poderia dar certo se fosse totalmente independente dos outros filmes e o mais longe possivel do estilo que há nos quadrinhos.

Ainda não assisti o filme, então não posso dar uma critica, no entando ja deu para perceber que o filme é totalmente o contrario do que acabei de dizer. Mas por incrivel que pareça todas as imagens e trailers que saíram me agradaram.

Não espero um filme grandioso, apenas algo do nivel de Iron Man, mas pra mim isso já é suficiente. Ver o Thor dos quadrinhos adaptado para os cinemas de forma digna pra mim ja basta, pois sempre achei algo praticamente impossivel de se realizar.