Papo Lendário #08 — Sacrificios e Chocolates

Papo Lendário #07 — Doce ou Travessuras?
30/10/2009
Papo Lendário #09 — Quetzal o que?
29/11/2009

Papo Lendário 08

Enquanto as pessoas ficam falando de maias e suas previsões de 2012, nós do Papo Lendário vamos mais além e falamos dos Astecas, o verdadeiro grande império da América pré-colombiana.

Nesse episódio, Leonardo Mitocondria e Pablo de Assis conversam sobre quão grande e poderoso era esse império que viveu na América anterior a colonização, seus primórdios, seu auge, e seu declínio.

Saiba diferenciar o povo asteca dos outros povos meso-americanos.

————————————————————————————————————————————————————————–
Padrim do Mitografias

  • Cara, as músicas ao final são as melhores!
    Parabéns pelo programa! Ficou bem legal!

  • Fabio

    Olá.

    Meu nome é Fábio, tenho 28 anos, e acabo de conhecer e ouvir todos as edições do Mitografias. E que grata surpresa.
    Vocês estão de parabéns. É um podcast sóbrio, equilibrado e muito bem focado – o que ao meu ver é muito importante para não ficar meio genérico.

    Sugestão de pautas?

    Vocês podem falar sobre mitos “brasileiros” (entendam como puder)?

    Continuem com o pod, e até mais!

  • Olá! Está é a primeira vez que comento no Mitografias. Tomei conhecimento através da galera do Baú Pirata.
    Fiquei surpresa com o post em virtude de ser professora de história e descobrir mais um fonte de conhecimento nessa área.
    Em relação ao Papo Lendário 08 achei muito bom.
    Ao abordar os povos da América Pré-colombiana enfatiza-se a importância de conhercemos a rica cultura desses povos estremamente evoluídos enquanto sociedade.
    Valeu! Muito bom.

  • Felipe Nunes – 16 Anos – Salvador/BA

    Muito bom o podcast, aprendi bastante. O pouco que sei sobre a cultura asteca é o que lembro do que aprendi na escola, ou seja muito pouco. Da mitologia sei menos ainda.

  • Episódio muito bom. Uma cultura que eu particularmente não conhecia nada, mas ainda assim muito interessante.

  • Excelente… enquanto mutos estão falando mais sobre “Os Maia”, não a série da globo mas sim a civilização.. hehe, vocês trazem um aula de história sobre Os Astecas, outra grande civilização da américa central.
    Ficou excelente… parabéns.

  • Repitam Tenochtitlán 5 vezes sem enrolar a língua. hehe
    Foi um festival de nomes difíceis, mas vocês seguraram a barra, parabéns!. Adoro esses povos pré-colombianos, eles eram muito desenvolvidos e tinham uma cultura muito forte.

  • Galera, estou comentando só hoje mas escutei o cast assim que ele foi lançado.
    Parabens por mais um excelente cast. Realmente os Maias, Astecas e Incas merecem um cast sobre suas culturas, pois existem muitas coisas interessantes sobre eles.

    ps: o podcast agora é quinzenal?

  • eliane

    Fiquei muito feliz em saber que o que vcs estão fazendo esta ajudando muita gente pq na escola hitoria é somente o basico, mitologia as vezez nem se falam, parabens

  • adorei o cast pow! muito bom mesmo, educativo… e muito bem focado… só tenho uma observação… vocês não acham que o cast está muito curto!? pequeno de mais? =x

    abraços a todos…
    @silastorres

  • Po que triste… Datar os Astecas na idade media tirou um pouco do glamour da civilização que já não era muito…

    Esse negocio de trepanação ainda existe até hoje??? E aquele procedimento psiquiatrico (esqueci o nome, igual no filme sucker punch) também???

  • Ambrozio, Ian Caesar

    O Filme Apocalipto, dirigido por Mel Gibson, mostra um pouco da cultura maia e mostra algumas cenas da civilização, crença e sacrifício. Fale apena assistir como complemento desse Podcast.

    • Fred

      esse filme só ensina uma versao americanizada, muitos maias se ofenderam com essa distorsao. eu moro no mexico no sureste e tenho contato com os atuales maias a lingua que falam no filme é o maia yucateco una variante de muitas outras linguas maiences. esse filme nao mostra em verdade muitas coisas como foram mais ele da uma vaga ideia de como foi a civilizacao

  • Fred

    Moctezuma nao era tao ignorante como voces falam ele percebeu que cortes nao era um ser divino. ele esperava que oferecendo ouro, pedras preciosas e tudo mais ele iría embora satisfeito como os regalos. mmais cortes queria mais. seu domexico